aqueles pequenos grandes momentos



foto de minha autoria, se utilizar credite


Hoje foi um dia especial. Especial, na verdade, é um termo impróprio - ele foi igual vários outros desse ano de 2015 - mas internamente foi totalmente diferente.

Percebi o quão valioso é o sentimento quando compartilhado. Nesse dia, vi meu grupo de amigos, com uma certeza de que seria difícil nos encontrarmos todos de novo, já que cada um vai para o seu lado em 2016, e tivemos um encontro que era supostamente como qualquer outro. Esse grupo começou ano passado, com pessoas que a maioria eu já conhecia mas não tinha esse quesito de "compartilhar sentimentos", não tínhamos uma amizade. Quando realmente parecíamos amigos, fui aos poucos me deixando dominar por minha adolescência e a descoberta de querer zelar por alguém, de alegria, e até mesmo individualismo (como eu descobriria o individualismo se me afundasse em isolamento?). Não posso dizer coisas do tipo "nossa, nunca reparei nessas sensações". Justamente por repará-las, que agora consigo dar o devido valor. E justamente por dar valor, é que vejo como eu consegui me abrir sobre quesitos que me machucam, como a inquietante ansiedade, mesmo que um pouco... e ainda dói.

O sentimento quando compartilhado dói. Como eu poderia dar valor para algo que também dói? Então, é só lembrar que acomodação não é um fato exclusivo de coisas boas - quando você realmente vai para algo bom, fica um sentimento de vazio. Ah, e o vazio é preenchido com o desconhecido assim como uma ferida é coberta por uma pomada - daquelas bem ardidas - e que vai formar uma cicatriz que não doa mais.

Hoje foi um dia especial. Eu descobri o quanto os sentimentos são importantes, exatamente pela saída da acomodação a qual essas pessoas me tiraram, e pela saída da acomodação que eu tenho que realizar sozinha daqui em diante. Hoje foi um dia especial, pois percebi que querendo ou não esses amigos me deixaram mais segura diante do compartilhamento de sentimentos, e que vai doer mudar - mas doer por ter sido bom.

Essas mudanças sentimentais são insanas, quase como um masoquismo.

Heloisa

O mal filho à casa torna

Fazem quase 3 anos que deixei de postar nesse blog. Não, eu não o abandonei, em algum lugar eu ainda pensava em voltar a postar por mera questão de necessidade, já que mesmo sem dom algum para a escrita eu ainda me sinto mais correspondida quando alguém lê uma parte de mim (quiromantes!).
Acontece que muita coisa mudou: quando comecei esse blog, no dia 04 de junho de 2012, eu tinha 11 anos, e agora tenho quase 15 e entrando no Ensino Médio (o que pra mim ainda não se refere à uma passagem de maturidade, somente novos anseios para assumir). A questão é que o nome do blog não faz mais sentido nenhum pra mim, virou algo como uma meta. Que escrever algo e depois não se identificar com aquilo não é novidade para ninguém, mas quando leio as antigas postagens não consigo me ver em nada disso - mas ainda manterei elas por capricho e justamente porque mudanças não são motivos para apagar o passado, levando em conta que um dia eu talvez tenha uma visão desse textinho igualmente.
Ainda assim, alguns sentimentos permanecem: quando eu vejo os 107 seguidores, fico com algo próximo de feliz - fico orgulhosa, só não sei se ainda me acompanharão com essa nova-não-tão-nova Heloisa. (aliás, o corretor me chamou um fato bem aleatório que sempre me incomodou um pouco... por qual motivo consideram Heloísa correto mas Heloisa não?????www)

Talvez nos próximos dias eu retome aquela programação básica de blogs e faça outro layout, mesmo com a certeza que eu vá mudá-lo novamente em outro momento. Esse aspecto não mudou, mesmo.

Para quem permaneceu, ou simplesmente esqueceu da existência desse espaço e deixou seu nome ali, obrigada pelo apoio. Para os que virão, sendo bem otimista já, espero que vejam no que escrevo uma companhia, supérflua ou profunda, que é uma das coisas que mais desejo e ficaria muito honrada em sê-lo com vocês.

Heloisa

Feliz 2013!

Então... desculpem pela demora. Mas realmente, estou ocupadíssima com um monte de gente em casa, e ainda vai aumentar. E isso ficará assim até o final de janeiro.

E feliz 2013, a toooodas as leitoras e leitores! Estou ocupada, mas desejar algo bom para quem te acompanhou nesse tempo é algo que nunca tenho que deixar de fazer, vocês são tudo para o blog e para mim. Então, um ano cheio de paz, saúde, felicidade. E até breve.

Então é Natal


Desculpem a ausência de posts, mas estou viajando, e esse post é programado, aliás. :c

Então é Natal, tempo de paz, tempo de alegria, ver os parentes, ou não, várias coisitas. Então, feliz natal leitoras do Simplesinha, :)

Layouts

EDITADO: Gente, depois do layout da Am, não vou fazer para mais ninguém. Chega uma parte que é muito estressante, que é arrumar os códigos para se adaptar com o seu blog. Espero que compreendam, aliás, não sou nenhuma profissional.

Juro, mas juro mesmo que eu pensei em um título melhor. Mas, como não pensei, vou explicar tudo no post mesmo.

Gostaram do novo layout? Não sei por que, sou MUITO enjoada com layouts, especialmente os que eu coloco aqui no blog. Não passa 1 mês, já começo achando defeito, do tipo: "ai, está muito escuro, ai, está muito claro, ai, está feeeio!". Não sou fresca com as pessoas, somente comigo. Sou estranha.
Então, lá fui eu fazer um novo layout, que é esse aqui, inspirado em livros com páginas amareladas e manchas de aquarela. Como o fundo ia ser super simples, eu poderia usar qualquer cor, então peguei minhas duas favoritas, e pronto, aqui está.

Mas, antes de terminar esse layout, combinei com a @maedoteodorico que eu faria um layout para ela, e fiquei muito "putz, e se eu fizer burrada no blog da menina, ela e os fãs dela vão me matar x_x", então fiz questão de encher o saco dela para que eu deixe tudo perfeito (desculpa ;_;). O resultado, é o que está abaixo:


SIIIM, eu fiz o meu primeiro layout para alguém e não destrui tudo!11!! (E não pretendo fazer isso de novo).

Então, o que acharam dos nossos layouts? Juro que eu tentei fazer bonito nos dois, mas como sou enjoada demais, não posso dar minha própria opinião. Não sei se ficou claro demais, escuro demais, largo demais... ah, vocês entenderam, eu acho.

Meme: Meus favoritos

Me perdendo na internet, achei um blog (muito fofo, aliás) e nele continha um meme... interessante, e resolvi fazer :D O blog em que vi foi o da Lettícia.

Cor: Turquesa.

Lua: Lua crescente. Não tenho um motivo certo para gostar dela.

Pássaro: Andorinhas! Acho elas tão fofinhas. <3

Fruta: Melancia.

Livro: Ainda não tenho! Tenho livros sim, mas nenhum me fez chegar a conclusão: "Omg, esse livro é o melhor que eu já li, virou meu favorito!".

Sentimento: Liberdade. 

Bebida: Chá branco gelado.

Árvore: O bordo, mas pelas folhas, que são lindas.

Som preferido: O vento batendo nas árvores.

Inseto: Nenhum. :/

Perfume: Como já disse antes, sou nova nesse negócio de perfume, então vamos contar pela embalagem. O Valentina.

Cantor(a): Não tenho nenhum(a) favorito.

Comida: Sorvete!

Sonho (meta): Ter uma câmera instantânea. Nem ligo para o custo dos filmes, mas ligo para a felicidade que vai ser ver as fotos se revelando. :3

Flor: Rosas cor-de-chá (quem já leu FMF vai reconhecer essa cor).

Horário do dia: 8 horas da manhã, por que bate o mesmo tipo de luz que no fim de tarde, a única diferença é que no fim de tarde não bate :/

Música: Bird and Whale - Rosie and Me (conheci pelo blog da Mari).

Filme: Não tenho favorito.

Banda: Não tenho preferida.

Objetos: Meu sketchbook. <3

Wishlist: Uma câmera instantânea, aquarela nova e canetas stabilo. :)

País: Estados Unidos. Sempre quis voltar para a França ou ir para a Inglaterra, mas ultimamente tenho mais vontade de ir aos Estados Unidos. Só vontade.

Cheiro: De massa de baunilha assando.

Estação do Ano: Outono. Como moro em um lugar frio, no inverno é muito gelado e o outono é meio a meio. Você pode ver o céu limpo e sentir o vento fresco na cara.

Animal: RAPOSAS! Quem me conhece sabe que eu gosto de corujas, mas acho raposas tão fofas e lindas... e fofas.

Sonho que já teve: Nunca lembro direito dos meus sonhos, e os que eu lembro são estranhos. O que eu mais achei legal foi um que teve zumbis, pra ver minha situação. ;_;

Se preparem para verem mais memes por aqui, por que acho alguns tão legais que vou fazer. :)


Até logo.

Olá, Dezembro!

Imagem tirada e editada por mim. Se usar, credite.

Ah, dezembro. Música do final de ano da Globo. Também significa férias para alguns (eu \o/, mas ainda não), e muito trabalho para outros.
Também dá para relembrar de novembro... setembro... o ano todo e todas as coisas boas e ruins que você fez, os momentos divertidos, os tristes...
Bem, para mim também serve para contar os dias para meu aniversário (♥), que coincidentemente tem 5 aniversários bem nesta reta.
Viajar para a maior parte das pessoas, ver seus parentes, ou ficar em casa fazendo o que gosta mesmo (dormir... é uma dessas coisas). 
Resumindo, dezembro é o melhor, o pior, o nostálgico e mais esperado mês do ano. Então, Olá, Dezembro :)

(Sim, eu viajei legal nesse post... mas é assim que eu vejo esse tão querido mês).